fbpx

Como Cultivar Orquídeas

Como Cultivar Orquídeas – Cuidados essenciais para não perder a planta!

Apaixonados por flores adoram cultivar orquídeas.

Quem gosta de orquídeas está sempre procurando aprender a maneira correta de cultivá-las, pois facilmente perde-se a planta se não for feito um trabalho correto.

Vejamos e conheçamos agora dicas de cultivo, plantio, replantio, e falemos um pouco sobre como prevenir doenças e pragas, e, assim obter as mais lindas orquídeas.

Como Cultivar Orquídeas
Como cultivar orquídeas

Local Adequado para Cultivar Orquídeas

Tenha um espaço apropriado para cultivar orquídeas!

As orquídeas são bastante adeptas à varandas e peitoris de janelas pois são lugares bastante iluminados e arejados, e procure evitar o vento canalizado e sol forte direto.

Se possível, posicionar essas plantas voltadas para o lado do sol nascente (lado leste) ou ainda para o lado do oeste (sol poente) que incida sobre a varanda.

Paredes brancas também ajudam a refletir melhor a claridade, auxiliando na adaptação da planta ao ambiente.

Como cultivar as mais lindas orquídeas

Cuidados necessários para cultivar orquídeas

Alguns fatores necessários para o bom cultivo das orquídeas:

  • Rega Correta – quando o substrato estiver seco.
  • Iluminação Adequada – se faltar, a planta não florescerá, se muito intensa poderá queimar as folhas das orquídeas – quando adequadas, a planta apresenta a cor verde clara nas folhas.
  • Redução na intensidade dos ventos – pode-se usar telas sombrites para controlar o vento e ainda ela auxilia na filtragem dos raios solares, prevenindo queimaduras.
  • Adubação Correta – Usar fertilizante foliar semanal ou quinzenalmente. Se preferir usar adubo específico, pode ser usado o bokashi ou osmocote, que agem durante três meses.
  • Não acumular plantas além do que o ambiente comporta – o acúmulo de vasos pode cooperar para o surgimento de pragas e doenças. Quando um vaso encobre o outro, podem surgir fungos e ataques de cochonilhas, pulgões, lesmas e caramujos. Mantenha os vasos afastados uns dos outros para manter a claridade e a circulação do ar.
  • Não trocar com frequência a planta de lugar – de tempo para que ela se adeque ao local e tenha seu rítmo de crescimento contínuo.
  • Não manter prato embaixo dos vasos – para a planta manter a drenagem correta.
  • Semanalmente fazer inspeções para retirar flores, folhas e bulbos secos e mortos.
  • Manter esterilizadas as ferramentas de cuidados do seu jardim.

Como Cultivar Orquídeas – Curso Completo – Veja Aqui!

Como Replantar Orquídeas

Aprenda a retirar Keikis de suas plantas

Keikis - Como cultivar Orquídeas
Keikis – Como Cultivar Orquídeas

Na botânica, a palavra keiki é usada para designar plântulas (embriões vegetais) desenvolvidas em hastes florais, bulbos ou mesmo na base vegetativa de alguns gêneros de orquídeas.

Essas estruturas servem para gerar novas mudas idênticas à planta-mãe, sendo então comumente removidas ou replantadas.

Para replantá-las, deve ser feito o procedimento abaixo:

  • Com uma tesoura esterilizada corte o bulbo que contém os keikis.
  • Passe um pouco de enxofre nos cortes feitos para cauterizá-los. Proteja também o corte da planta-mãe, para evitar o surgimento de pragas e doenças.
  • Faça uma nova incisão, mantendo, no mínimo um entrenó acima e outro abaixo do trecho de onde saem as pequenas estruturas. Estes nós farão com que a nova planta se enraize.
  • Pegue um vaso pequeno (para não reter umidade em demasia e apodrecer as raízes) de cerâmica e coloque isopor picado no fundo desse vaso, em seguida coloque musgo (substrato ideal para vaso de barro). O musgo irá reter a umidade suficiente que a planta necessita para ser replantada.
  • Envolva os keikis no musgo até que preencha o vaso totalmente.
  • No dia seguinte poderá ser feita uma adubação com NPK 20-20-20 dissolvido em água, conforme as instruções do fabricante.
  • Mantenha a nova muda sempre na umidade correta.

Em dois ou três anos, florescerá uma nova muda de orquídea.

Plantio Alternativo de Orquídeas

Além do vaso de cerâmica, o procedimento acima também pode ser usado para o replantio em toco de peroba.

Para inserir o substrato, coloque o musgo diretamente no toco, formando uma “cama”. Em seguida coloque os keikis amarrando-os com arame ou barbante.

Tome cuidado para não apertar muito a planta e, assim, “impeça” a passagem da seiva, e, consequentemente sua morte.

Como cultivar as mais lindas Orquídeas:

Alberto Schuman é um cultivador de Orquídeas ha mais de 20 anos!

Se você é principiante ou intermediário no cultivo de orquídeas e gostaria de conhecer em detalhes todos os segredos e cuidados utilizados pelos mais experientes cultivadores, que tal receber um verdadeiro método passo a passo para saber quando regar, qual o tipo de luz, umidade e tudo sobre o cuidado de cada tipo de orquídea?

Cuidar de orquídeas é fácil e prazeroso, basta ter acesso às informações corretas!

Alberto Schuman é um cultivador de Orquídeas ha mais de 20 anos, e neste curso estará repassando todo o seu conhecimento acumulado através de vídeo-aulas que poderão ser encontradas no link abaixo:

O Cronograma completo do curso você poderá baixar clicando AQUI!

Cronograma do Curso:

Cronograma do Curso Como Cultivar as Mais Lindas Orquideas
Cronograma do Curso Como Cultivar as Mais Lindas Orquideas
Como cultivar as mais lindas orquídeas
Cronograma do Curso Como Cultivar as Mais Lindas Orquideas
Cronograma do Curso Como Cultivar as Mais Lindas Orquideas
Como cultivar as mais lindas orquídeas
Cronograma do Curso Como Cultivar as Mais Lindas Orquideas
Cronograma do Curso Como Cultivar as Mais Lindas Orquideas
Cronograma do Curso Como Cultivar as Mais Lindas Orquideas
Como cultivar as mais lindas orquídeas
Cronograma do Curso Como Cultivar as Mais Lindas Orquideas
Cronograma do Curso Como Cultivar as Mais Lindas Orquideas

Para adquirir ou saber mais sobre o curso QUERO CULTIVAR AS MAIS LINDAS ORQUÍDEAS – CLIQUE AQUI!

Clique para conhecer o Curso em Vídeo-Aulas!
%d blogueiros gostam disto: