Como Cultivar Cactos e Suculentas

Como Cultivar Cactos e Suculentas

Saiba tudo sobre o Cultivo de Cactos e Suculentas!

O que são Cactos e Suculentas?

A família dos cactos pertence a um grupo muito vasto de plantas chamadas suculentas. Dispondo de autonomia especializada podem sobreviver à falta de água ou de luz por um longo período de tempo.

São plantas capazes de armazenar água no tecido de seus caules (de forma colunar ou esférica), nas folhas carnudas, e nas raízes, desenvolvendo sistemas de redução de perda de água. As folhas inferiores mantém a terra à sombra, reduzindo a evaporação. Os espinhos ajudam a reduzir a perda de umidade.

Espécies com folhas de dimensões e formas muito diversas, conforme a água disponível. Se é muita, incham, ficando espessas e carnudas, mas em condições de seca, enrugam e caem.

Finalmente, espécies com raiz carnuda, armazenam água debaixo da terra, nas suas raízes volumosas, sobrevivendo a longos períodos de seca. Abaixo do nível do chão, a perda de umidade é mais lenta e menor a exposição a incêndios ou animais.

Se você ama decoração de interiores com flores, as suculentas são perfeitas para isso. Além de lindas, são práticas para quem vive na correria e não tem muito tempo para cuidar de plantas.

São plantas de valores baixos, de propagação fácil e embelezamento raro.

No que difere os cactos?

São diferentes das outras suculentas porque têm aréolas – pequenos círculos salientes – aí nascem os rebentos, espinhos e flores. Só eles possuem aréolas, mas quando quiser identificar um através de aréolas, saiba de que nem sempre se vêem com facilidade.

Os cactos e suculentas exigem menos cuidado?

Algumas pessoas acreditam que estas plantas, por crescerem em lugares hostis, não precisam de cuidados. Exigem pouca atenção e pouca água, mas se forem ignoradas podem retrair-se e ficar inativas. As plantas devidamente tratadas desenvolvem-se bem e dão flor todos os anos.

Os cactos só se desenvolvem no deserto?

Muito associados à desertos áridos e paisagens montanhosas, alguns cactos e suculentas conseguem sobreviver com facilidade a floresta tropical. O clima é quente e úmido e, em vez de sofrerem com a  falta de água, as plantas enfrentam a falta de luz.

Alguns cactos característicos da floresta, como o Epiphylum, tem caules achatados, para ser maior a superfície exposta e absorverem a luz.

Quando os Cactos dão flor?

Quando estão no deserto, os longos períodos de seca os obrigam a permanecer em dormência a maior parte do ano, e desenvolvem então um ciclo de vida muito curto. Quando chove, entram em grande atividade e produzem muitas folhas, flores e sementes em pouco menos de um mês.

Cactos que florescem durante o dia

O Echinocereus triglochidiatus produz uma quantidade de flores vermelhas que se abrem ao sol intenso do verão.

Cactos que florescem durante a noite

No verão, as flores do echinopsis scopulicola surgem quando a planta atinge 1,2 m de altura.Abrem ao entardecer e fecham ao amanhecer.

A cor clara das pétalas ajuda os insetos a localizá-las na escuridão.

Como escolher uma planta saudável?

As suculentas são geralmente folhosas e se verificar as folhas com atenção, você poderá ver as condiçoes da planta:

  • evite as suculentas com poucas folhas ou muito pálidas.
  • verifique se as folhas estão deformadas
  • o nível de terra no vaso, não poderá ter descido

Quais os melhores cactos e suculentas para principiantes?

Alguns exemplos de plantas para você começar a sua coleção de maneira mais tranquila. São eles:

Cactos:

  • cereus aethiops
  • Ferocactus wislizeni
  • gymnocalycium baldianum
  • opuntia lindheimeri
  • paródia herteri
  • stenocactus multicostatus

Suculentas:

  • Adromischus cooperi
  • Cotilédone undulata
  • echeveria elegans
  • faucaria tubercular
  • kalanchoe tomentosa
  • sempervivum roxo bellots
  • senecio haworthii

Formas Variadas de Cactos e Suculentas

De silhuetas abstratas, por isso são muito interessantes para a decoração, os cactos lembram pequenas esferas, velas ou enormes colunas.

Existem numerosas formas, como arbustos e pequenas árvores, plantas rasteiras com folhas em roseta. Outras os caules são curvos ou rastejantes, e outras ainda, em bulbo.

Quando dão flor, as suas cores e formas admiráveis acrescentam um beleza rara aos mais singelos arranjos.

Arranjos de suculentas para interior

Quanto tempo duram os arranjos de suculentas?

Eles adaptam-se bem ao ambiente quente e seco de uma casa com aquecimento central e podem durar dois a tres anos. Ao término deste tempo, renove a terra e substitua as plantas que cresceram demais.

Escolha plantas do mesmo tamanho, mas com diferentes formas, texturas e cores, como resultado você terá um arranjo original e maravilhoso!

Alguns modelos lindinhos de terrários para você conhecer e se apaixonar:

CLIQUE AQUI para aprender como fazer seu próprio terrário! Tenho paixão por eles!

Qual o local adequado para cactos e suculentas?

Quando for decidir onde colocar as suas plantas, pense na praticidade e não apenas na estética. Observe se as condições de luz, temperatura e umidade satisfazem as necessidades das plantas e somente então escolha o local e a situação que mais a beneficie.

Idéias lindas para colocação do seu vaso de suculentas: fendas de muros, arranjos suspensos, floreiras de janelas, são algumas delas que ficam maravilhosas.

Quando regar cactos e suculentas?

A causa mais comum de morte prematura de suculentas, são regas excessivas, que provocam o apodrecimento da raiz. Elas suportam bem períodos de seca, então na dúvida, não regue.

Para saber exatamente quando necessita de água, use um medidor de umidade, é o único meio de saber com certeza se a terra esta úmida ou seca, fazendo assim a rega, somente quando indicar “quase seco”.

Qual a quantidade de luz para cactos e suculentas?

Em geral, elas precisam de muito sol durante o período de crescimento, para se manterem saudáveis. No inverno toleram luz menos intensa, pois estão na fase de dormência, mas mesmo assim, necessitam de um local bem iluminado. Se você gosta de mantê-las dentro de casa, coloque-as em frente de uma janela. A luz natural pode ser complementada por luz artificial.

A falta de luz provoca o espigamento ou a planta fica pálida. Se isso acontecer, procure imediatamente um lugar bem iluminado para salvá-las.

Envasamento

Para o plantio, usa-se uma mistura que possibilite boa drenagem mas retendo a umidade.

O correto são misturas próprias para cactos.

A mistura pode ser preparada à base de terra, se lhe for juntada areia.

Entre as mais comuns estão as que vão fibra de coco, turfa, casca de árvores e areia grossa.

Plantas cultivadas em vasos devem ter as raízes bem enterradas. Deve chegar até 1 cm da borda, permitindo que a água e o ar cheguem às raízes. Com o tempo, a terra torna-se compacta e fraca. Não se esqueça de ir acrescentando terra nova e adubada.

Faça uma boa drenagem para que as raízes não apodreçam.

Quando do preparo do vaso para o plantio, coloque no fundo do mesmo uma camada de pedras, carvão ou esferas de argila. Acima disso, coloque uma folha de papel para impedir que a terra que você irá jogar encima da camada de pedras, vaze para baixo e tape a drenagem.

como colorir suas suculentas? APRENDA AQUI!

Como fazer suculentas coloridas

Para finalizar:

Cultivar cactos e suculentas é um hobby que traz muita alegria e satisfação. Se você ainda não tem esse costume, inicie agora mesmo e irá amar, são plantas fáceis de cuidar e é muito gratificante.

Quer saber mais sobre cactos? Tenho um presente para você AQUI, caso você tenha se apaixonado pela tarefa. Clique AQUI e tenha mais informações sobre como manter seus cactos saudáveis e florindo – um Guia Completo de como cuidar de cactos.

 

%d blogueiros gostam disto: